terça-feira, 5 de abril de 2011

12 VERDADES QUE TODO FILHO GOSTARIA QUE OS PAIS SOUBESSEM...

por Josué Gonçalves

1. Todo filho quer “presença” antes dos “presentes”. A presença dos pais na vida dos filhos é insubstituível. O tempo é a moeda de maior valor que você pode investir em seu filho.
2. Todo filho quer “relacionamento” antes de ouvir as “regras”. Antes de qualquer coisa, os pais devem ser amigos dos filhos.
3. Todo filho quer ter um pai que ensina mais com o seu “exemplo” do que com “palavras”. O exemplo tem que validar as palavras dos pais. Autoridade é o resultado da coerência entre “ações” e “palavras”.
4. Todo filho espera que o amor entre os seus pais nunca entre em crise. Quando os pais se amam, há segurança na família.
5. Todo filho quer ser alimentado com o pão do carinho. A saúde das emoções dos filhos depende do quanto os pais dão carinho. Não pode faltar em casa o pão do carinho.
6. Todo filho espera ser abençoado por seus pais. Não diga aquilo que você não quer que o seu filho seja. Antes de falar, pense nos efeitos das suas palavras.
7. Todo filho espera que os pais validem as suas emoções. O pai excelente é aquele que cria filhos emocionalmente saudáveis.
8. A forma como você trata meus amigos, diz muito sobre como é o ambiente da nossa casa. Os pais que tem competência emocional, sabem tratar os amigos dos filhos com gentileza e amabilidade.
9. Todo filho espera que os pais reconheçam o poder de uma declaração de amor. Nada nutre mais o coração dos filhos, do que a verbalização sincera de um amor verdadeiro.
10. Todo filho quer ter um pai que reconhece o poder da oração. Bem aventurados são os filhos, que por vezes pegam os pais de joelho na presença de Deus.
11. Todo filho espera que os pais exerçam disciplina com equilíbrio. Quando os filhos entendem que a disciplina é um ato de amor, é porque os pais estão aplicando-a de forma correta.
12. Todo filho quer ter um pai que manifeste na vivência do lar, os traços do caráter de Cristo. Quando os pais se parecem com Jesus nas suas atitudes e comportamento, os filhos não tem dificuldade de chamar a Deus de “Pai nosso...”.
Como pai, você a oportunidade de ser o “pai” que você sempre quis ter, pense nisso.

6 comentários:

  1. Muito linda Viviane, hj em dia observamos a muita violência entre pais e filhos, justamente pela troca de valeres que vc acaba de mensionar.
    Um Abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. Visitei seu blog e especialmente por esse excelente post, gostei mesmo! vc foi a primeira pessoa a me adicionar-me no blog da ube, mas vc sumiu, temos um chat na ube, aparece lá, fique na paz!

    ResponderExcluir
  3. Com certeza essas verdades devem fazer parte das familias cristãs, pena que a cada dia temos visto mais e mais as familias da fé se desfalecendo por falta de vigilância e acima de tudo por não tomarem mais a palavra de Deus com espelho para suas vidas, Infelizmente, temos menas comversas e dialogos em familia,cada um vive um mundinho distinto ocupando o mesmo espaço fisico como um hotel, e com isso a fé vai se deteriorando e familias inteiras perdendo o rumo certo que Deus tem reservado para os Seus. Que o Senhor continue a usar homens e mulheres para despertar seu povo!!!! fica na Paz Irmã parabens pela postagem fica com Deus!!!

    Em Cristo, Pr. Edney Gonçalves.

    ResponderExcluir
  4. sou a favor disso meus pais deveriam ver esse post!! kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. GLória a Deus irmã!
    Deus a abençoe pela mensagem, simples, pequena, porém muito eficaz e ungida pelo Senhor!
    Realmente, muitos jovens as vezes se perdem porque não tem um pai ou uma mãe que lhes dê atenção ou os ajude a caminhar pela vida...
    Att. Vinícius de Oliveira
    http://www.pescadordorei.blogspot.com
    @ViniNaves2011

    ResponderExcluir
  6. Oi Viviane,

    Infelizmente a prática inversa destas verdades aqui listadas tem causado tanta dor e tristeza no Brasil e no Mundo. Quando a familia perece...A sociedade entra em colapso.
    Que Deus em sua infinita misericordia possa nos abencoar e a todas as familias.

    Abs,
    Carlos Ramalho
    www.carlosramalho.com.br

    ResponderExcluir